Sobre o Projeto

Convidaremos 30 atléticas com equipes masculinas e 8 femininas, sendo a metade das mesmas representadas por atléticas cariocas e a outra metade convidadas de outros Estados Brasileiros


Jogador de futebol com a bola no pé

A LFU™ Liga de Futebol Universitário™ nasceu inspirada nas ligas esportivas universitárias norte americanas, onde as instituições universitárias são nacionalmente e até mundialmente conhecidas devido suas equipes esportivas, sendo a principal porta de acesso as bilionárias ligas profissionais. O potencial do mercado brasileiro para uma organização baseada no sistema norte americano é enorme. De acordo com dados do Ministério da Educação de 2015 são cerca de 2400 instituições de ensino superior com mais de 7 milhões de alunos matriculados.

O sistema de organização e regulamento deverão ser aperfeiçoados e adaptados de acordo com as demandas e necessidades da realidade brasileira, mas o princípio primordial da LFU™ Liga de Futebol Universitário™ é ser uma alternativa, partilhando das mesmas regras e regulamentos do futebol moderno, mas servindo também como um laboratório para práticas modernas e inovadoras.

As instituições filiadas poderão ter suas próprias regras e estatutos em relação aos seus times, desde que respeitando todas as regras e estatutos da LFU™ Liga de Futebol Universitário™ serão formadas comissões para analisar e considerar quaisquer sugestões e demandas dos filiados, de acordo com o estatuto.

Os times que vierem a representar essas universidades trarão reputação e notoriedade para as instituições, pois times vencedores são uma representação de credibilidade. Instituições vencedoras e bem organizadas atraem os melhores alunos e melhores atletas, trazem também investimentos e lucratividade, pois estes times poderão ter patrocinadores e investidores, as universidades poderão ter direitos econômicos sobre a formação e profissionalização de atletas que assinam contratos profissionais.

As universidades poderão beneficiar-se da ideia filantrópica desta iniciativa, pois as melhores universidades poderão atrair os melhores atletas, através de bolsas de estudo, salários, benefícios, etc.

Um time de futebol é uma organização complexa que não se resume apenas ao time, ou a partida, um time de futebol se tornará um laboratório para praticamente todas as áreas de formação das universidades, listamos alguns exemplos:

  • Atletas: alunos de todas as faculdades;
  • Comissão Técnica: Educação Física, Administração;
  • Preparação Física e Departamento Médico: Educação Física, Medicina, Fisioterapia, Enfermagem;
  • Departamento Juridico: Direito, Administração;
  • Gestão e organização: Administração, Direito, Contabilidade, Logística, Turismo;
  • Marketing/Identidade Visual: Publicidade, Marketing, Design, Artes;
  • Estrutura: Engenharia, Arquitetura, Agronomia.

Até mesmo faculdades de ciências humanas, como Letras ou Serviço Social, poderão desenvolver e promover iniciativas e políticas junto às escolas e comunidades, para identificar e atrair atletas em potencial, e criar sistemas e métodos de inclusão. Além disso, a LFU™ Liga de Futebol Universitário™ poderá instituir um departamento para assessoria na criação de uma instituição desportiva dentro das universidades.

Temos a pretensão de influenciar as universidades e a mudança da estrutura do futebol no Brasil, a criarem essa cultura de incentivo à seus departamentos de Atléticas, e, usar parte de seus lucros para fazer bons atletas à se tornarem melhores estudantes e estudantes à se tornarem melhores atletas. Queremos mudar a estigma do estereótipo de que o jogador de futebol deva ser uma pessoa sem acesso a cultura e aos estudos, abrir uma nova janela de possibilidade ao cidadão, fazer com que instituições milionárias (universidades) também participem desse processo, e se alinhem a nossa missão!

Jogadora de futebol chutando a bola

Objeto

O objeto da Autorização de Uso do Legado Olímpico consiste na descrição objetiva do evento, do que se pretende entregar/alcançar a partir da execução do Projeto (produto final da parceria). Deverá estar em conformidade com os objetivos e diretrizes da AGLO - Autoridade de Governança do Legado Olímpico.

Fomentar a prática desportiva atrelada e o ensino superior através de uma Liga de Futebol Universitário que será realizado em 4 dias entre as datas comemorativas do Dia Nacional do Esporte Amador (Dia 15 de novembro) e o Dia Internacional do Estudante (Dia 17 de novembro).

Pretendemos desenvolver, profissionalizar, quebrar paradigmas e construir uma nova cultura no futebol e na qualificação dos atletas com ensino superior.

Beneficiados

  • Público alvo: Alunos universitários e suas respectivas atléticas;
  • Benefícios diretos: promover a troca de experiencia esportiva e cultural inter atléticas;
  • Benefícios indiretos: incentivará através do esporte às universidades a investirem em seus alunos através do esporte, trazendo-os para a Universidade com bolsas estudantis para representarem sua instituição através da LFU;
  • Quantidade: 400 estudantes;
  • Modalidade esportiva/categoria: futebol society;
  • Faixa etária: 16 à 26 anos;
  • Sexo: Masculino/Feminino.

Objetivo Geral

Fomentar a prática desportiva atrelada ao ensino superior através de uma Liga de Futebol Universitário que será realizado em 04 dias entre as datas comemorativas do Dia Nacional do Esporte Amador (Dia 15 de novembro) e o Dia Internacional do Estudante (Dia 17 de novembro) para romper paradigmas de que um bom atleta não necessariamente deve abrir mão dos estudos para construir sua carreira. A Liga sendo constituída e se tornando anual dará visibilidade aos mesmos e suas universidades se tornando consideravelmente e conhecidamente uma referencia do futebol amador com atletas com nível superior.

Objetivos Específicos

Nosso objetivo e dinamizar os departamentos de Atléticas dentro das universidades, fazer com que as mesmas criem um ambiente competitivo entre elas e com isso venham a oferecer oportunidades aos alunos, as universidades utilizarem parte de seus lucros a programas de incentivo, seja de segundo grau (futuro aluno universitário) ou seja de dentro da própria universidade que venham a se destacar nos esportes ou atividades relacionadas a Liga. Esses programas podem ser através de bolsas de estudo, ou mesmo com um melhor ou maior investimento nos departamentos atléticos, ou ate mesmo com programas escolares que incentivem os alunos a participar de eventos dessa natureza e intercâmbios desportivos educacionais.

Descrição do Evento

Temos a pretensão de realizar uma mudança nos alicerces do futebol brasileiro, da mentalidade sobre o que esperar do jogador do futuro, se compararmos com os atletas atuais, onde muitos foram obrigados à escolher entre os estudos e o esporte.

Essa metodologia modificou nos Estados Unidos no início dos anos 60/70 todo o sistema de educação e alinhou o sistema de ensino com o esporte profissional em várias modalidades. Hoje são raras as exceções de atletas que venham a se tornar profissionais sem antes ter passado por alguma Liga universitária.

Atualmente no futebol profissional brasileiro, na última edição da primeira divisão tivemos entre mais de 600 atletas apenas 03 com nível superior, o equivalente a meio por cento. Ao fazer uma comparação com a NBA que tem 96% de atletas com nível superior temos uma idéia de o quão é importante para a sociedade esse tipo de ação pode fazer a diferença. Temos como meta formarmos atletas mais inteligentes e preparados para vida e alunos mais saudáveis e com maior interesse em praticar esportes. Esportes de equipe são um ótimo laboratório para saber se desenvolver na vida profissional e familiar. Das duas formas a sociedade só tem a ganhar.